Por que combina um psicólogo

Em todos os pares, uma crise pode acontecer, o que é difícil de superar por dois. Do que em tal situação a ajuda de um estranho é valioso? Um psicólogo pode preservar a união amorosa, ou sua tarefa é facilitar a separação?

Desarmonia sexual, brigas frequentes, violência, ameaça de divórcio – dificuldades em um par podem ser associadas a uma variedade de aspectos da vida juntos. Para encontrar as fontes desses conflitos e mestrar novos modelos de interação mais eficazes, os parceiros geralmente precisam de um psicólogo familiar. As abordagens e métodos de terapia são muito diferentes – analíticos, sistêmicos, comportamentais e muitos outros. Mas, de qualquer forma, os benefícios de trabalhar com um psicólogo são inestimáveis. Aqui estão suas vantagens mais óbvias.

1. Ouvam uns aos outros

Em uma situação crítica, os parceiros não querem ouvir e não tentam se entender, insistindo em seu próprio ponto de vista. Qualquer discussão imediatamente se transforma em uma série de acusações e censuras mútuas. Um psicólogo da família permite que todos falem – explicar o que ele gosta ou não, compartilhe sua atitude, para mostrar emoções. Ao mesmo tempo, o próprio especialista não apenas observa, ele está constantemente ligado e está pronto para intervir e direcionar a conversa na direção certa. Como resultado, os cônjuges aprendem a ouvir um parceiro e expressar seus pensamentos em situações de conflito. Graças a essas habilidades de comunicação, eles superam não apenas a crise no casamento, mas também outras dificuldades nos relacionamentos.

2. Sentir seguro

Para aqueles que experimentam inimizade e estão prontos para comprar cialis online portugal entrar em uma briga a cada segundo, o psicólogo cria um território seguro, onde eles sabem com certeza que passarão tempo sem causar dor. Um exemplo simples. Tendo descoberto os interesses dos parceiros, o psicólogo da família os envia para fazer os dois do que cada um deles gosta. Por exemplo, vá ao cinema ou ao restaurante. “Este deve ser um tempo limitado para que eles não tenham tempo para brigar”, Anna Varga esclarece o psicoterapeuta da família. – Então eles têm uma nova experiência de interação segura – eles sabem que podem estar juntos e não se culpar. Então essa experiência pode ser usada na discussão de conflitos “.

3. Veja a situação do lado

Cada membro da família vê a situação de sua posição, e o terapeuta vê todas as nuances do relacionamento de fora e pode entender como o sistema familiar age como um todo. Durante a conversa, ele analisa as formas usuais do comportamento dos parceiros, seus caminhos de responder às palavras e ações um do outro, considera as regras da família (por exemplo, como e que parceiros gastam dinheiro). Em alguns casos, o psicólogo também considera a história da família, o relacionamento de um homem e uma mulher com seus pais, o que também pode ser uma fonte de problemas atuais. Então, juntamente com os clientes, o terapeuta busca maneiras de resolver o conflito e ajuda o casal a devolver o estado do conforto psicológico.

  • 4 sinais do próximo divórcio
  • Somos tão diferentes – podemos estar juntos?

Psicologias convites

  • Sobre o projeto
  • Termos de uso
  • Publicidade no site
  • Termos de uso
  • Regras para a participação em competições

© 2006-2022 Network Edition "Psicologias.RU – O site oficial da Psychologies Magazine (Psycholojis)", Shkulev Media Holding / Ooo “Shkulev Media Holding”.

Certificado de registro da mídia EL No. FS77-82353, emitido pelo Serviço Federal para Supervisão de Comunicações, Tecnologias da Informação e Comunicação de Massa (Roskomnadzor) 23 23.onze.2021.

Todos os direitos reservados. Qualquer reprodução dos materiais do local sem a permissão do Escritório Editorial é proibido. 16+

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Scroll to Top